Astronomia

Qual a diferença entre astrologia e astronomia?



A astrologia é uma pseudociência que alega que as posições dos corpos celestes têm um efeito sobre a vida dos seres humanos e eventos na terra. O que pode servir até mesmo para charlatães de plantão.

Há muito tempo, astronomia e astrologia eram a mesma coisa. Pessoas estudaram os movimentos dos planetas na esperança de usá-los para predizer não apenas o comportamento dos céus, mas também as guerras, catástrofes naturais, a ascensão e queda dos reis e outros assuntos terrenos. No entanto, na época de Johannes Kepler, Galileu Galilei e Isaac Newton, astrônomos perceberam que a astrologia era basicamente beliche. A partir desse momento, o principal trabalho de um astrônomo foi usar física para entender o que estava acontecendo no céu.

Algumas pessoas, no entanto, ainda continuam presas a astrologias. Os astrólogos usam programas de computador que lhes dizem as posições dos planetas (usam o trabalho de cientistas reais, aliás), e não olham através de telescópios ou aprendem sobre estrelas, planetas e galáxias, e assim por diante como astrônomos... exceto, talvez, para se divertirem.

A astrologia tem muitas das armadilhas de caça da ciência real, como matemática, diagramas complicados e um vocabulário especializado, mas masastrólogos não seguem o método científico. Os verdadeiros cientistas fazem cuidadosas medições em estudos bem controlados. Astrólogos não fazem experimentos para provar suas teorias. Em vez disso, eles gostam de fornecer evidência anedóticas – histórias que as pessoas dizem sobre quão precisas elas acham que a astrologia são.

Evidências anedóticas não são aceitáveis em na ciência verdadeira, porque é muito fácil deixar de fora todas as experiências negativas que as pessoas têm e as pessoas não são muito boas em recordar e relatar com precisão essas experiências sem contar com os vieses cognitivos.


0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.